POLICIAL

Suposto mandante de triplo homicídio em Itaituba é procurado pela justiça
Altair Dos Santos, ex-marido de uma das vítimas, teve a prisão preventiva decretada em 10 de maio, após julgamento do autor do crime, Djaci Ferreira.


Altair dos Santos, suposto mandante do crime. (Foto: Reprodução)

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou nesta terça-feira (28), o cartaz de procurado de Altair dos Santos, suposto mandante do triplo homicídio que vitimou a advogada Leda Marta Luck dos Santos, sua filha Hannah, de 9 anos, e da secretária de Leda, Hellen Taynara Siqueira Branco, ocorrido em 2014 na cidade de Itaituba, sudoeste do Pará.

Leda Marta, Hannah e Hellen Taynara, as vítimas. (Fotos: Reprodução)

De acordo com a Advogada Dra. Cristina Bueno, no dia 09 e 10 de maio ocorreu o júri popular de Djaci Ferreira, o autor do assassinato, no momento do júri, teve o interrogatório e depoimento do réu, onde o mesmo confessou ter praticado o crime a mando do ex marido de Leda Marta.
 

"O Ministério Público de pronto solicitou para que o magistrado determinasse a prisão, para que a gente pudesse inclusive até já saber mais ou menos onde ele estaria, porque ele já não estava mais aqui em Itaituba, sabia-se que estava em Belém, ele até trabalhando como advogado estava, e a prisão foi decretada, mas ficou em sigilo [...], nessa semana o sigilo foi retirado", Dra. Cristina Bueno.


Djaci Ferreira, o autor do crime, foi condenado a 42 anos de prisão no dia 10 de maio. (Fotos: Reprodução)

Segundo a advogada, Altair esteve preso do ano de 2014 até meados de 2019 ou 2020, quando ele conseguiu sair do presidio, porque ainda não tinha nenhum processo contra o mesmo. Então o juiz decretou sua prisão preventiva de Altair no dia 10 de maio e não colocou essa informação para o público, para tentar prender ele.

Como ele não está mais em Belém (PA), a OAB divulgou o cartaz para que seja divulgado no maior número possível de locais, para ele ser encontrado, como o acusado é natural do estado do Paraná, acredita-se que ele estaria nas imediações do Sul do Brasil, ou na fronteira, ou até em países vizinhos.
 

"Porque em Belém, onde ele tem endereço, não está mais, então aonde de fato ele está a gente não sabe, mas ele está foragido [...], que a justiça possa prendê-lo e realmente tenha o seu júri, tenha o momento dele apresentar suas defesas e também ser condenado".


Foto: Reprodução

Altair dos Santos está na condição de foragido, quando ele for pego, será preso para responder ao processo e ir a júri. Quem tiver qualquer informação que leve ao paradeiro do acusado pode entrar em contato pelo número (93) 99141-3820 ou entrar em contato com a polícia da sua cidade ligando para o 190.

Fonte: Portal Giro


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAL  |   06/08/2022 18h06





POLICIAL  |   06/08/2022 11h40

Itaituba - PA
 

POLICIAL  |   06/08/2022 09h13

Itaituba - PA