POLICIAL

Blogueira traída manda "dar susto" no ex e ele é assassinado
Isa Gomes conta que queria "dar um susto" no ex para se vingar de traição com uma amiga, porém, ele acabou morto. Blogueira tinha mais de 11 mil seguidores no Instagram.


(Foto: Reprodução)

Na última terça-feira (28), a Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG) atendeu a um chamado de invasão em uma residência no bairro Industrial, no município de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Ao chegar, os policiais encontraram o local revirado, com vários objetos espalhados pelo chão. Quando entraram no quarto, acharam o corpo de um homem. Vestido apenas de cueca e com uma camiseta cobrindo o rosto, ele estava de cabeça para baixo e com as mãos e pés atados por um fio. Em volta do pescoço havia outro fio.

Inicialmente, a morte parecia mais um mistério de difícil solução. No entanto, os investigadores da Polícia Civil precisaram de apenas 48 horas para desvendar o crime, esclarecendo a motivação e prendendo tanto a mandante quanto os executores.

Na quinta-feira (30), as autoridades policiais anunciaram as prisões da blogueira e influenciadora digital Isabela Gomes Pereira, de 29 anos, e de dois outros suspeitos, de 24 e 31 anos, que não tiveram seus nomes divulgados. Os três foram indiciados por latrocínio (roubo seguido de morte), sendo que a mulher foi denunciada como mandante do crime. Um terceiro envolvido, de 20 anos, ainda está sendo procurado pela polícia.

De acordo com as investigações, Isa Gomes - como é conhecida nas redes sociais - teria contratado os dois homens para dar um susto no ex-namorado, de 36 anos, após ter descoberto uma traição dele com uma amiga. No entanto, durante a ação, os dois suspeitos teriam passado dos limites e acabaram assassinando a vítima.

Nas redes sociais, a influenciadora publicava fotos e vídeos usando produtos de uma marca de cosméticos da qual se dizia diretora executiva, a Hidro Glam Gloss. Ela também se apresentava como graduada em Biomedicina Estética. Em seu perfil no Instagram, a blogueira tinha mais de 11 mil seguidores.

Os policiais chegaram até a blogueira depois de consultarem o banco de dados do sistema da Secretaria de Segurança de Minas. Foram identificadas várias ocorrências envolvendo o casal. Por isso, as autoridades foram até a casa dela, no bairro Tirol, em Belo Horizonte.

Versões conflitantes

Em seus depoimentos, os suspeitos apresentaram versões diferentes sobre os fatos relacionados ao homicídio. Aos investigadores, Isa relatou que teria ido até a padaria de propriedade do ex-namorado, após ter descoberto c a traição, mas ele não compareceu ao encontro. Transtornada, por volta das 22 horas, ela teria sentado em uma praça, chorando muito, quando um homem se aproximou e perguntou o que ocorreu. Ela contou sobre a traição e acrescentou que seria agredida pelo ex.

Segundo ela, o desconhecido teria se oferecido para para "dar um susto" no homem, pedindo que ela retornasse para a praça à meia-noite. No horário marcado, ela não encontrou com o suposto homem, mas com outros três, que estavam a esperando. Todos embarcaram no veículo dela, um Jeep Renegade, e foram até a casa da vítima.

Ela alega que os autores pularam o muro e ela ficou do lado de fora, quando 20 minutos depois um dos suspeitos saiu e ela foi embora com ele para a casa dela, onde dormiram juntos. Na manhã do dia seguinte, ela foi acordada pela polícia, mas o suspeito já havia ido embora.

Já o rapaz de 24 anos, que teria dormido com ela, apresentou outra versão. Ele contou que a proposta teria partido da mulher, que pediu a ele e outros dois amigos para darem um "susto" no namorado e que o pagamento seria os objetos de valor que estariam no imóvel, como dinheiro, joias e um carro de luxo.


Eles entraram no carro dela quando, por volta de 23h30 da última segunda-feira (27), chegaram ao imóvel da vítima. Após rondarem a casa por cerca de quatro horas, finalmente decidiram pular o muro. Segundo ele, a mulher esteve na cena do crime e chutou o rosto da vítima já desacordada e amarrada. Após o homicídio, eles levaram a televisão, roupas, perfume e uma sacola com objetos de valor e fugiram utilizando um Hyundai Creta de propriedade da vítima. Foi então que os outros dois suspeitos fugiram no carro e ele foi para a casa da mulher.

Fonte: DOL 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAL  |   06/08/2022 18h06





POLICIAL  |   06/08/2022 11h40

Itaituba - PA
 

POLICIAL  |   06/08/2022 09h13

Itaituba - PA