DESTAQUES

Após descobrir doença infecciosa em Itaituba mulher expõe caso nas redes sociais
Mulher de 26 anos foi diagnosticada com uma doença conhecida popularmente como "doença do gato", que afetou seus olhos.




Regiane Divino da Silva, 26 anos.

Regiane Divino da Silva, natural da cidade de Novo Progresso-PA, compartilhou na última segunda-feira (27), em seu facebook, o diagnóstico que recebeu após realizar exames com oftalmologista em Itaituba. Segundo o exame, a mulher possui uma doença chamada Toxoplasmose, originada de felinos, como o Gato.

A mulher disse que estava sentindo muitas dores nos olhos, também com visão alterada onde não conseguia enxergar normalmente. Ela viajou para Itaituba e procurou uma clínica de olhos.

"O médico disse que posso ter tido contato com gatos ou coisa parecida e agora tenho que tomar vários remédios, corro o risco de ficar cega, o mais incrível é que não tenho nenhum gato." Disse a mulher em sua postagem

Exames feitos em Itaituba.

Em conversa com o Giro, Regiane disse que seu maior medo é que a doença lhe cause cegueira, devido ser nova e ter cinco filhos para criar. "foi um choque pra mim, pois até pouco tempo tinha uma vida normal com uma boa visão e de repente descubro uma doença afetando meu sistema imunológico." Disse

A mulher relatou também que não sai de dentro de sua casa, pois a luz do sol atrapalha sua visão, inclusive, chegou a cair por não enxergar onde estava pisando. "já chorei muito olhando para os meus filhos pensando como vou fazer se ficar cega, não poderei mas ver o rosto de minhas crianças o sorriso delas não vou poder enxugar suas lágrimas fico desnorteada com tudo isso." Finalizou emocionada

De acordo com artigo publicado no site medicoresponde.com.br, pela Dra. Ângela Cassol, médica dermatologista, com o tratamento adequado, a toxoplasmose pode ter cura, mas, infelizmente, ainda não é possível recuperar a visão que foi perdida devida à cicatriz da doença.

A toxoplasmose é provocada pelo protozoário Toxoplasma gondii, que pode ser transmitida através da ingestão de cistos do parasita (verduras e carne mal cozida) ou durante a gestação (intra-útero).

Veja a postagem de Regiane:



Fonte: Portal Giro


Participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DESTAQUES  |   02/02/2021 20h55





DESTAQUES  |   18/01/2021 14h26


DESTAQUES  |   07/01/2021 10h53