SUPERAÇÃO

Itaitubense conta como emagreceu 34 kg de forma natural em 8 meses
Ela saiu de 102 para 68 kg e mudou de vida sem nenhum procedimento estético ou cirúrgico.

Adriana Vieira da Silva, 37 anos, mãe de dois filhos, dona de casa, analista de sistema e TI, sempre gostou de atividades físicas, teve bons hábitos alimentares e não consumia refrigerante. Mas, mesmo assim, estava insatisfeita com seu peso. Segundo ela, o que a fez decidir emagrecer não foi a busca pelo corpo "dentro dos padrões" impostos. Mas, questões de saúde. Com 102kg e 1,60mt, acumulava problemas nos joelhos e tendinites. Como já se alimentava bem, os níveis hormonais estavam todos regulares.

Antes e depois, Adriana Vieira.

Ela nos contou que estava com dificuldade pra caminhar e o joelho estava muito ruim. O próprio ortopedista aconselhou a perda de peso para poder cuidar dos problemas de saúde relacionados aos ligamentos.

Adriana se dedicou a pesquisar e aprender muito nos oito meses em que enfrentou o que ela chama de "mudança de hábito alimentar". Sem condições para arcar com despesas de nutricionista e personal, inicialmente, não procurou um profissional. Mas, contou muito com a ajuda do ex-namorado, Cristiano, que segundo ela, foi muito importante neste processo. Além dele, os filhos a incentivaram bastante e estiveram ao seu lado para que ela conseguisse trilhar o caminho de busca pela saúde. Ela frisou que o foco e a determinação foram muito importantes para ela.

No início, Adriana ainda fez um mês de academia e três de dança, mas a perda de peso foi resultado de uma rigorosa reeducação alimentar, mostrando que, sim, é possível emagrecer sem obrigatoriamente ter uma vida ativa na academia. "Eu utilizo métodos gratuitos como a caminhada em praça e exercícios em casa, que ajudam bastante." disse

No meio do processo, precisou passar por uma cirurgia de Vesícula, o que interrompeu, temporariamente, o projeto. Adriana segue determinada e conta que ainda não atingiu seu objetivo final que é chegar aos 60kg. Hoje ela pesa 68 kg, vestindo 40 e, já bem longe do antigo manequim, 48. Ela faz questão de destacar que o objetivo não é a aparência e que muito mais importante do que o "corpo dos sonhos" é estar bem de forma global, amando-se, aceitando-se e, acima de tudo, respeitando-se.

Antes e depois, Adriana Vieira.

Fonte: Portal Giro


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SUPERAÇÃO  |   19/03/2022 11h08

Trairão - PA
 




SUPERAÇÃO  |   18/03/2022 17h36

Itaituba - PA
 

SUPERAÇÃO  |   08/02/2022 18h08

Itaituba - PA