POLICIAL

“Matei para defender minha honra”, disse funcionário que matou patrão em Itaituba
O funcionário afirmou que foi chamado de "gay" pelo patrão; Após o crime, homem foi direto para a delegacia com a arma utilizada.




Idelmar Gomes Pereira, de 45 anos. (Foto: Mauro Torres)

O mecânico Idelmar Gomes Pereira, de 45 anos, que foi o responsável pelo assassinato do empresário Josean da Silva Abreu, de 45 anos, crime ocorrido na manhã deste sábado (15), confessou a autoria na 19ª Seccional de Polícia Civil de Itaituba e revelou a motivação para o fato.

Segundo informações, logo após o crime, "Cuiabano" pegou seu carro e foi diretamente para a 19ª Seccional Urbana de Policia Civil de Itaituba, com a arma (espingarda) quebrada e alguns cartuchos na mão, esta que foi usada para cometer o homicídio. Ele entrou na delegacia e foi diretamente à sala do escrivão e disse que teria matado o patrão para defender sua "honra". 
 

"... acabei de matar o Josean com um tiro, o corpo tá lá na oficina, pode ir lá ver, eu fui defender minha honra".

O escrivão no primeiro momento não acreditou, mas o mesmo insistiu na afirmação, foi quando o escrivão pegou a arma e os cartuchos, algemou "Cuiabano" e o levou para a cela. Posteriormente, seguiu para o local informado com intuito de confirmar o fato, então constatou a veracidade da informação.

Josean da Silva Abreu, de 45 anos, vítima.

Em conversa com a polícia "Cuiabano" disse que tomou conhecimento de algumas conversas em grupos de Whatsapp, nas quais pessoas estavam falando que teria na cidade um mecânico gay, informação tal que teria partido de Josean. Desse modo, segundo os diálogos, o empresário teria apontado Cuiabano como o tal mecânico, fato que teria lhe revoltado e feito perder a cabeça, ao ponto de cometer o crime.

Diversas vezes, durante o depoimento, o acusado afirmou "Eu fui defender minha honra". Idelmar (Cuiabano), foi ouvido em depoimento oficial e será autuado pelo crime de homicídio, em seguida, deverá ser levado para audiência de custódia.

Idelmar trabalhava na empresa da vítima há aproximadamente 13 anos, desde que o empreendimento foi inaugurado no ano 2007. Pessoas próximas à ele relataram que o mesmo já iria inaugurar seu próprio empreendimento no ramo de auto elétrica, que seria localizado na travessa 13 de maio esquina com décima sétima rua.

O crime

Idelmar Gomes Pereira, mais conhecido como Cuiabano, Acusado/ Josean da Silva Abreu, de 45 anos, vítima. (Foto: Reprodução/ Redes Socais)

O crime aconteceu por volta das 8h30 deste sábado (15) e foi cometido por Idelmar Gomes Pereira, de 45 anos, mais conhecido como "Cuiabano". Conforme infromado, utilizando uma espingarda, Cuiabano atirou e matou o empresário Josean da Silva Abreu, de 45 anos, natural de Santa Inês/ MA, proprietário da Auto Elétrica Novopel, localizada na 7ª Rua com a Travessa Justo Chermont, Bairro Bela Vista, em Itaituba.

Fonte: Júnior Ribeiro




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM