POLICIAL

PF investiga ligação entre rede de narcotráfico e apreensão de U$ 1 milhão em avião no Pará
Uma das linhas de investigação da PF é saber se o dinheiro tem relação com a apreensão de drogas na fazenda de Valmir Climaco, em 2019.




Dinheiro apreendido na aeronave. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil do Pará apreendeu, na manhã de sábado, quase US$ 1 milhão dentro de uma aeronave que aterrissou em uma pista clandestina no município de São Félix do Xingu, no sudeste paraense. O voo tinha como destino a cidade de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. Há mais de dois anos a Polícia Federal investiga uma rede de tráfico internacional de cocaína, que envolve vários países, incluindo Bolívia, Paraguai, Venezuela e Brasil.

Na rota do narcotráfico, estão os municípios paraenses de Itaituba, Novo Progresso e São Félix do Xingu. Na operação deste sábado, uma denúncia anônima levou a polícia a identificar a aeronave que trafegava em espaço aéreo brasileiro, possivelmente para comprar cocaína originária do município paraguaio de Pedro Juan Caballero.

Aeronave que carregava o dinheiro e combustível clandestinamente. (Foto: DIvulgação/Polícia Civil)

Na operação da polícia paraense, o piloto da aeronave foi preso e o copiloto conseguiu fugir. Dentro da aeronave, além de U$ 978 mil, a polícia encontrou um revólver calibre .38 e mais de 150 litros de combustível.

Investigação

A Polícia Federal investiga a ligação dos valores apreendidos no sábado com a apreensão de 583 kg de cocaína, ocorrida no ano passado, no interior de uma fazenda pertencente ao prefeito de Itaituba (PA), Valmir Climaco de Aguiar. Até então, trata-se da maior apreensão da droga feita no Pará, considerado rota para Europa e Nordeste.

Leia também: Avião com mais de meia tonelada de cocaína foi apreendido em fazenda de Valmir Clímaco

À época, agentes da Polícia Federal monitoraram um voo suspeito e chegaram à fazenda, localizado próximo às margens da rodovia Transamazônica. Cinco homens estavam transferindo a droga para uma camionete no momento do flagrante. Dois homens foram presos e outros três conseguiram fugir.

Durante as investigações, quatro envolvidos tiveram prisão decretada depois de busca e apreensão realizada na residência do prefeito. Segundo a Superintendência da Polícia Federal do Pará, além da cocaína foram apreendidos dois fuzis, uma pistola, munição e 200 gramas de maconha. Estavam no local dois aviões, um monomotor e um bimotor.

Fonte: O Globo




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM