POLICIAL

PM prende 4 pessoas por tráfico de drogas e tentativa de suborno em região garimpeira de Itaituba
Prisões aconteceram após a polícia receber denuncias de que pessoas estariam comercializados drogas atrás de um bar no garimpo de Crepurizão.




Quatro pessoas foram presas. (Foto: Reprodução/Plantão24h)

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Militar por tráfico de drogas e tentativa de suborno no garimpo de Crepurizão, em Itaituba. Com elas foram apreendidos dinheiro e mais 20 petecas de porções de drogas.

A prisão aconteceu no último domingo (22), após a polícia receber denúncias de que duas mulheres, identificadas como Sabrina Brito e Lenita da Cruz, estariam comercializando entorpecentes em uma vila localizada por trás do bar do senhor Sivaldo, no Crepurizão. As mulheres foram encontradas juntas em um dos quartos da vila, que estava de porta aberta.
 
O quarto de Sabrina Brito foi o primeiro a ser averiguado pelos militares, que encontraram dentro de uma bolsa de colo uma trouxinha contendo 5 petecas, e no cesto de lixo mais uma outra trouxa contendo 8 petecas. 

Após a verificação, um segundo quarto foi revistado, este de Lenita, onde os policiais encontraram uma  importância de R$ 140,00 reais em espécie e de baixo do colchão uma trouxinha com possível material entorpecente.
 
As duas mulheres foram presas em flagrantes e encaminhadas para o Posto de Policiamento Destacado (PPD) do Crepurizão, onde com apoio de uma voluntária civil, outra vistoria foi realizada nas mulheres, na qual foi encontra junto a Lenita mais uma trouxa com 9 petecas de entorpecentes. 
 
No dia posterior à prisão, segunda-feira (23), um casal, idendificados como Marinete Brito e Manoel de Jesus, se fez presente no PPD para tentar subornar os militares, afim de conseguir a liberação das mulheres presas. 

O casal foi preso também, e conduzidos para 19ª Seccional de Polícia Civil de Itaituba. As jovens envolvidas no tráfico de drogas e o casal estão à disposição da justiça. 
 
Fonte: Plantão 24horas News




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM