SAÚDE

Hospital de campanha de Manaus encerra atividades após zerar número de pacientes com covid-19
Ao todo, foram registrados 757 atendimentos no local, 611 altas médicas e 146 óbitos.




Unidade foi aberta às pressas durante pandemia por conta da situação crítica do Amazonas diante da Covid-19. (Foto: Divulgação/Semcom)

Após a taxa de ocupação de UTIs em Manaus cair para 59%, o hospital de campanha que funcionava no local teve suas atividades encerradas, nessa terça-feira (23). Foram 71 dias atendendo pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, o que resultou na recuperação de 611 pacientes, ou 81% do total de atendidos. As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Manaus.
 
As atividades foram encerradas sem que houvesse qualquer paciente na unidade. No entanto, a Prefeitura de Manaus já previa a diminuição contínua do número de internados. No dia 15 desse mês, quando ainda atendia 46 pacientes, foi anunciado o fim dos atendimentos no local.
 
Além disso, o Governo do Amazonas se prepara para a abertura gradual do comércio em Manaus e tem flexibilizado o distanciamento social. A capital contabilizava mais de 65 mil casos do novo coronavírus, até essa terça-feira (23). Após enfrentar o colapso do sistema de saúde e funerário, o número de enterros na cidade tem sofrido queda. Os especialista alertam, no entanto, para os riscos de um novo surto da doença.
 
O hospital de campanha que encerrou suas atividades foi instalado às pressas, em apenas quatro dias, nas dependências de um Centro Integrado Municipal de Educação (Cime). O complexo foi inaugurado no dia 13 de abril. Ao todo, foram registrados 757 atendimentos no local, 611 altas médicas e 146 óbitos. Pessoas de vários locais do país foram atendidas no hospital, de 29 diferentes etnias, incluindo indígenas.

O espaço se prepara para voltar a ser um complexo estudantil com1,4 mil alunos da educação infantil e do ensino fundamental. Um memorial serpa instalado em homenagem aos profissionais que ajudaram a salvar vidas. 

Fonte: Jornal de Brasília
 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM