DENÚNCIA

Novas imagens mostram doente mental tentando atacar cachorro com uma faca em Itaituba
Homem, que também já foi denunciado por atacar mulheres dentro de estabelecimentos, está sendo monitorado pelo Ministério Público e deve receber acompanhamento psicológico do município.




Imagens de câmera de segurança foram gravadas dia 08 de fevereiro de 2020. (Foto: Reprodução)

Novas imagens sobre o caso do homem que sofre problemas mentais, identificado como Roni Von, e que ataca mulheres e também animais, foram divulgadas em uma rede social esta semana. Nas imagens, que foram registradas no dia 08 de fevereiro de 2020, é possível ver Roni com uma faca na mão correndo atrás de um carrocho.

O caso de Roni Von ganhou repercussão na semana passada, após uma mulher expor, também na rede social, o que havia acontecido com uma amiga, que foi feita de refém dentro da sua própria loja, junto com uma funcionária. Ele tentava agredi-las, pedia dinheiro e fazia ameaças dizendo que iria matá-las.

Fato ocorreu dia 08 de fevereiro. (Foto: Reprodução)

Depois da publicação inúmeras mulheres relatarem ter sido vítimas de ameaças, perturbação do sossego e até agressões por Roni. As ameaças e agressões ocorrem constantemente, onde o doente mental obriga que elas entreguem dinheiro a ele.

Com a grande repercussão do caso, o Público do Pará (MP/PA), através da 4ª Promotoria de Justiça de Itaituba, solicitou à Prefeitura de Itaituba que comece a fazer um acompanhamento de Roni. 

Roni Von. (Foto: Reprodução)

O pedido foi demandado pelo promotor de justiça Ítalo Dias, que afirma ter solicitado do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), através da Secretaria de Assistência Social (SEMDAS), um laudo sobre o histórico sociológico de Roni Von entre as atribuições de questões físicas, mentais e familiar, para que a partir do relatório o município pudesse procurar os melhores meios de tratamento.

O Vereador Junior Pires (MBD) também está à frente da solicitação que pede providências sobre o caso Roni Von e acompanha de perto medidas que estão sendo tomadas. A intenção é tirar o homem das ruas e proporcionar um tratamento adequado à sua condição física e mental. Segundo Ítalo Dias, há possibilidade de Roni receber acompanhando da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, em Belém.

Fonte: Portal Giro




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM