POLÍTICA

Decreto libera aulas presenciais em faculdades e aumenta horário de funcionamento de bares, em Itaituba
Documento autoriza voltas às aulas do ensino superior a partir de 13 de julho; Festas, bailes, eventos e shows permanecem proibidos.




Vista aérea do município de Itaituba. (Foto: Reprodução)

Decreto assinado pelo Prefeito Valmir Clímaco e publicado no início da tarde desta quarta-feira (08), autoriza as aulas presenciais na rede de ensino superior a partir do dia 13 de julho, próxima segunda-feira. As aulas das faculdades em Itaituba, estavam suspensas há mais de três meses.

O retorno dos acadêmicos será feito de forma ordena e seguindo as medidas de prevenção dos órgãos de saúde, como distanciamento social, uso de máscara de proteção individual – do aluno e dos funcionários, higienização das mãos com álcool em gel 70º ou água e sabão e, na entrada, deveram passar por uma triagem para medir a temperatura corporal.

Além disso, as instituições de ensino superior devem atender apenas 50% de sua capacidade total e não autorizar a entrada em sala de aula de pessoas que fazem parte do grupo de risco, como idosos acima de 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doença crônica – hipertensão arterial e outras doenças cardiovasculares, doenças pulmonares, diabetes, deficiência imunológica e obesidade mórbida; pessoas que estão em tratamento com imunossupressores ou oncológico e pessoas que estão responsáveis pelo cuidado de uma ou mais pacientes com suspeita ou positivado com covid-19.

O documento traz ainda, regras em relação a flexibilização das atividades de bares, restaurantes, clubes e estabelecimentos similares. O horário de funcionamento desses estabelecimentos foi ampliado sendo que, durante a semana, só poderão abrir até às 00h, já aos finais de semana podem funcionar até 01h.

Outra medida de flexibilização para estes estabelecimentos é com relação a sua capacidade de atendimento, que foi aumentada de 30% para 50%, em relação ao último decreto de flexibilização que estava em vigor, o nº 082/2020. Além disso, a prefeitura autorizou o uso de caixas de som, músicas ao vivo ou aparelhos de difusão sonora nesses estabelecimentos.

A única medida que ainda permanece proibida é a realização de bailes, festas, eventos e shows que estimulem concentração de pessoas, dificultando o distanciamento social.

Fonte: Portal Giro




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLÍTICA  |  05/08/2020 - 18h


POLÍTICA  |  05/08/2020 - 11h