COMPORTAMENTO

Aveiro alcança 57,8% e fica entre as cidades do Pará que mais respeitaram o isolamento social
Pará alcançou a 22ª posição no ranking nacional de isolamento social, com 38,17% das pessoas em casa, nesta quinta-feira (16).


Município de Aveiro, no oeste paraense. (Foto: Lúcio Nunes/Arquivo Pessoal)

Quatro cidades do Pará alcançaram os melhores índices de isolamento social, entre elas está Aveiro, no oeste paraense, com 57,8%. Os municípios de Chaves (58,2%) e Limoeiro do Ajuru (61,9%) também alcançaram bons índices. As cidades com maior registro de pessoas nas ruas, e consequentemente com baixo índice de isolamento, foram Sapucaia (21,4%), Abel Figueiredo (26,7%) e Piçarra (27,9%).

O Pará alcançou a 22ª posição no ranking nacional de isolamento social, com 38,17% das pessoas em casa, nesta quinta-feira (16). Belém ficou em 23º lugar, com taxa de 38,95% entre as capitais brasileiras. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), divulgados nesta sexta-feira (17).

Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Ualame Machado, o relaxamento no distanciamento social reflete nas taxas e índices que o estado vem apresentando. "Percebemos que as pessoas estão mais relaxadas em relação ao isolamento social e isso se deve um pouco ao verão amazônico que vivemos nesse período", destacou

Ualame Machado observou também que apesar dos índices de contaminação estarem mais controlados no estado do Pará é importante que todos tenham consciência. "Para manter os cuidados exigidos e evitar o excesso de exposição nos locais, infelizmente ainda não estamos livre do vírus", completou.

Em Belém e Ananindeua, na Região Metropolitana, foram registrados, respectivamente, os índices de 38,95% e 37,7% de isolamento. Na capital, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Cotijuba (53,8%), Campina de Icoaraci (52,4%) e São Francisco (52,0%). Já os bairros com menores índices foram Curió (11,1%), Maracacuera (22,2%) e água Boa (22,4%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Julia Seffer (44,3%), Cidade Nova VIII (43,6%) e Icuí (43,3%). As piores taxas foram no Guanabara (30%), Águas Lindas (30%) e Centro (31%).

Fonte: Portal Giro


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMPORTAMENTO  |   12/08/2020 18h10





COMPORTAMENTO  |   05/08/2020 15h21


COMPORTAMENTO  |   14/06/2020 17h32