DENÚNCIA

"Se não fosse o esforço da família e amigos ele estaria morto" diz familiar de jovem vítima de acidente em Itaituba
Com TFD negado, família correu contra o tempo para conseguir encaminhá-lo para Santarém por conta própria; regional de Itaituba ainda não atende este tipo de caso.




Marcelo Augusto foi encaminhado para o HMS. (Foto: Reprodução)

Sem poder contar com o Hospital Regional do Tapajós (HRT), que entrou em funcionamento no dia 09 de julho, mas apenas para tratamento de pacientes com covid-19, a família do jovem Marcelo Augusto Rocha dos Santos, de 19 anos, precisou buscar por recursos próprios e de amigos para encaminhá-lo de imediato para a cidade de Santarém.

Marcelo Augusto sofreu um grave acidente de trânsito em Itaituba durante o último fim de semana, ele teve a clavícula quebrada e sofreu traumatismo craniano, com hemorragia considerada grande. Ao ser socorrido, Marcelo foi encaminhado para o Hospital Municipal de Itaituba (HMI).

Marcelo Augusto Rocha dos Santos, de 19 anos/ Moto modelo Pop 110, de cor branca, na qual estava a vítima.

Segundo a família, por ter ficado gravemente ferido, Marcelo precisava ser transferido com urgência para Santarém, mas, o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) teria sido negado pelo município, que alegou falta de leito na unidade hospital de Santarém, o que colocou a família em verdade luta contra o tempo para retirar Marcelo do HMI e encaminhá-lo para o Hospital Municipal de Santarém (HMS), por conta própria, com ajuda de amigos.
 

"Se não fosse o esforço da família e amigos ele estaria morto", diz familiar.

O deslocamento de Marcelo à Santarém ocorreu por meio aéreo, onde um amigo da família cedeu uma aeronave. Já o transporte do Aeroporto em Santarém para o HMS aconteceu através de uma Ambulância alugada pela família.

Ainda segundo a família, durante o percurso aéreo, Marcelo não teve nenhum acompanhamento de profissional da Saúde do município, isso porque, quando a família retirou o jovem do HMI, seu pai assinou um termo de responsabilidade.

Após dar entrada no HMS, o jovem foi avaliado por um neurologista e logo passou por procedimento cirúrgico. Atualmente o mesmo encontra-se em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Fonte: Portal Giro

Receba as noticias do portal Giro no whatsapp, clique AQUI.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM