JUSTIÇA

Acusado de esfaquear irmão em Rurópolis é transferido para o presídio de Itaituba
Ele já responde por Homicídio ocorrido na cidade de Santarém em 2015, quando várias pessoas foram esfaqueadas e uma delas morreu.




Foto: Polícia Civil de Rurópolis.

No início da manhã deste sábado (1), a Polícia Civil transferiu da UIPP de Rurópolis para o Centro de Recuperação Regional de Itaituba, por determinação judicial, Lindoneis Aparecido Máximo, de 39 anos, natural de Nova Cantu/PR, após ter esfaqueado pelas costas o irmão Leomar do Nascimento Máximo, de 34 anos, durante uma discussão familiar.

A prisão ocorreu na última quarta-feira (29) na comunidade Flor-da-Selva (Petezinho). O fato ocorreu durante uma discussão familiar em razão de parentes do acusado proibirem que o acusado ingerisse bebida alcoólica por conta de problemas de saúde, o que despertou a ira de Lindoneis, que passou ameaçar a todos em sua residência e até ingerir álcool em gel.

Leomar, irmão do acusado, ao tentar intervir na situação, acabou sendo esfaqueado pelas costas. Em interrogatório,  Lindoneis afirmou que sofre de esquizofrenia paranóide e que acabou se irritando com o irmão.

Lindoneis já responde por crime de Homicídio ocorrido na cidade de Santarém no ano de 2015, quando várias pessoas foram esfaqueadas no cais e uma delas veio à óbito.

A Justiça decretou a prisão preventiva dele e imediata transferência ao Presídio de Itaituba.

(Portal Giro, com informações da Polícia Civil)




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM