FATALIDADE

Nos últimos meses, Itaituba perdeu cerca de 15 taxistas vítimas de complicações de saúde
​Pelo menos 47% morreram vítimas da covid-19; Sindicato dos Taxistas do município informou que alguns profissionais eram aposentados.




Três dos 15 taxistas vítimas de complicações de saúde. (Foto: Reprodução)

Um balanço feito por taxistas e, confirmado pelo Sindicado da classe ao Giro, aponta que Itaituba perdeu, somente neste ano de 2020, cerca de 15 profissionais taxistas vítimas de complicações de saúde relacionadas a Covid-19, infarto e outras enfermidades.

Segundo o Sindicato dos Taxistas de Itaituba, entre os falecidos, alguns eram aposentados que estavam ligados a entidade.

Dos taxistas que vieram a óbito, cerca de 47% foram por complicações advindas da covid-19, que vitimou 7 taxistas, e 33% de infarto, que resultou na morte de outros 5 profissionais. Os demais óbitos registrados foram 2 por Acidente Vascular Cerebral (AVC) e 1 em decorrência de cirrose hepática, este último, ocorrido no dia 04 de julho.

A vítima foi o taxista Domingos Savio Tavares Gomes, de 61 anos, que morreu após apresentar complicações da doença e passou vários dias internado no Hospital Municipal de Itaituba. Ele era irmão da Nazaré, mulher do vereador João Bastos Rodrigues, o Cebola.

Fonte: Portal Giro
 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM