NACIONAIS

Motoboy é alvo de ofensas racistas; "Você nunca vai ter nada", diz agressor
Entregador foi alvo de insultos racistas no dia 31 de julho, em São Paulo, e vídeo ganhou repercussão nas redes sociais nesta sexta (7).



Um vídeo divulgado nas redes sociais nesta sexta-feira (7) flagrou um motoboy sofrendo ofensas racistas e sendo humilhado enquanto realizava entrega em um condomínio de luxo, na cidade de Valinhos, interior do estado de São Paulo. O vídeo, que você pode assistir abaixo, inicia com um homem branco, identificado como Mateus Abreu Almeida Prado Couto, xingando o entregador: "seu lixo. Isso aí mesmo, pode meter racista, que também estou em cima de você". 

O jovem entregador rebate, e diz que está perdendo tempo em que poderia estar trabalhando. "Aqui não vai acontecer nada, com esse funcionário também não vai acontecer nada" rebate o homem, vestindo uma camisa azul. Logo em seguida, o agressor começa a humilhar o jovem, dizendo que ele estaria desempregado em breve, por ser motoboy.

A discussão segue, até que o homem diz: "você não tem nem onde morar, moleque. Você tem inveja. Você tem inveja da gente aqui, ó [indicando as casas do condomínio de luxo]. (...) Você tem inveja disso aqui também ó [apontando para o seu braço]".

O entregador rebate, dizendo que pode ter os mesmos bens materiais e pergunta se o homem trabalhou ou se herdou o dinheiro. "Eu já nasci [inaudível]. Meu nome está na Bíblia", responde o agressor, que diz também ter trabalhado muito tempo.

A cena gravada ocorreu enquanto as viaturas da polícia chegavam ao local, o entregador registrou boletim de ocorrências pela ofensa e pelo racismo. De acordo com informações da Record TV, a família do homem de camisa azul disse que ele tinha problemas mentais.

Entregadores que já atenderam a residência afirmaram que o tratamento grosseiro do agressor era comum durante as entregas. 

Fonte: R7.com


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



NACIONAIS  |  31/08/2020 - 13h