NACIONAIS

Após ser humilhado, motoboy consegue emprego de editor de vídeo e ganha milhões de seguidores
Matheus Pires, de 19 anos, também ganhou mais de R$190 mil em vaquinha e duas motos.




(Foto: Reprodução)

Após ser alvo de injúrias raciais feitas por um cliente que mora em um condomínio de luxo em Valinhos no Interior Paulista, o motoboy recebeu mais de R$ 190 mil reais, em vaquinha que bateu a meta em 24 horas. A vaquinha tem como objetivo ajudar o jovem Matheus Pires, de 19 anos, a se manter na pandemia. Ele mora com um amigo onde divide o aluguel e as despesas.

Há um mês, ele começou o trabalho como motoboy, após perder o emprego como social media e editor de vídeos freelancer. Como ficou desempregado, decidiu então arrumar uma outra forma de garantir o seu sustento. Foi então que começou a fazer entrega de comida por aplicativo.

O Viva ABC, trouxe em primeira mão, que o jovem havia ganhado uma moto 0 Km do humorista Matheus Ceará, do SBT. Mas recentemente, o motoboy publicou em suas redes que o apresentador da Rede Globo, Luciano Huck deu outra moto 0 km para ele.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

@lucianohuck ♥️

Uma publicação compartilhada por Matheus Pires (@matheuspiresdd) em


Matheus recebeu de uma grande empresa de informática e tecnologia, um notebook novinho, ele teve que vender seu outro equipamento porque perdeu o emprego. Comovida a empresa deu um notebook zerinho.

Emprego

Na última terça-feira (11), Matheus esteve em São Paulo, onde começou seu primeiro dia de trabalho em uma área que ele gosta, ao lado do publicitário Rapha Avellar, CEO da Avellar, uma das maiores agências do mundo.

Ele ganhou uma bolsa de 100% para estudar marketing na Cria.School, empresa fundada por Rapha Avellar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

♥️♥️

Uma publicação compartilhada por Matheus Pires (@matheuspiresdd) em



Seguidores no Instagram

Após a divulgação do vídeo, Matheus conquistou um grande número de apoiadores, inclusive de artistas. De um pouco mais de 300 seguidores no Instagram, Matheus tem hoje quase 2 milhões de pessoas, seguindo sua rede social.

Fonte: Viva ABC


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



NACIONAIS  |   23/02/2021 19h24





NACIONAIS  |   01/01/2021 11h56


NACIONAIS  |   31/08/2020 13h09