SUPERAÇÃO

​Empresários falam sobre recomeço um mês após incêndio que destruiu loja em Itaituba
Incêndio ocorreu no dia 28 de agosto, mesma data do aniversário da proprietária e mês em que a loja completou 1 ano de inaugurada na cidade.




Novo espaço da Casa da Piscina fica localizado na Treze de Maio, entre 4ª e 5ª ruas. (Foto: Richardoson Vieira/Portal Giro)

Após um mês do incêndio que destruiu a Casa da Piscina, o Giro procurou os proprietários da loja para falar como foi aquele 28 de agosto de 2020. Está foi a primeira vez que eles falaram à imprensa. Acidente deixou perda total, queimando todos os produtos da loja.

À esquerda, foto da fachada antiga da loja, à direita, foto da loja após o incêndio. (Foto: Richardson Vieira/Portal Giro)

No dia do incêndio, o casal, Jean Brasil e Ana Paula Gonzaga, estavam em viagem a Santarém em comemoração ao aniversário da esposa. "Só soubemos da proporção do incêndio quando chegamos aqui".
De acordo com Jean, a Casa da Piscina iniciou suas atividades no mês de agosto de 2019, depois que foi realizado uma pesquisa de mercado no município. "Viemos para Itaituba na intenção de abrir a loja. Aqui encontramos boa qualidade de vida. É uma cidade acolhedora", diz.

Imagem de como era a loja antes do incêncio. (Foto: Reprodução)

Conforme relato do casal, eles já mais imaginavam que passariam por isso, pois a loja estava bem estruturada e com ponto comercial novo. Além disso, eles afirmam que há tempo estavam com a intenção de contratar um seguro para a loja, mas adiava a cada dia, até que o improvável aconteceu.  
 

"Quando recebemos a notícia, ficamos sem chão. Bateu o desespero. O pensamento inicial foi só os bens matérias (produtos), mas depois, quando a gente parou e esfriou a cabeça, formos perceber o lado bom da coisa, ninguém ficou ferido e nem fatalidade", afirmam.

Apesar do prejuízo, estimado em torno de R$ 400 mil, o casal não desistiu e se reestruturou para recomeçar o empreendimento. "O que ajudou nós bastante, foi o apoio de familiares, amigos, clientes e outros empresários locais, que elas incentivaram recomeçar as atividades da loja, e assim fizemos. [...] Não deixamos o sangue esfriar", relata Jean.



Jean conta, ainda, que no mesmo final de semana do acidente, eles percorreram pela cidade a procura um novo espaço onde pudessem montar uma nova loja. "A gente colocou a cabeça no lugar e fomos atrás de um local para montar novamente a loja". Os produtos iniciais foram pegos com irmão de Jean, que tem uma loja no mesmo seguimento em Santarém. "Enchemos uma caminhonete com o que deu, somente o básico, e trouxemos para cá. Para não deixar parar, até porque nessa situação enquanto menos pensar, melhor. Na segunda de manhã (31), com quase nada, a gente abriu a loja apenas com cadeiras, uma mesa e os produtos", relata.

Hoje a loja já conta com inúmeros produtos. ( (Foto: Richardoson Vieira/Portal Giro)

Agora, um mês depois do acidente, e com a loja em novo endereço, Treze de Maio, entre 4ª e 5ª ruas, o casal já fala em ampliação da loja e um maior mix maior de produtos a oferecer aos clientes. A Casa da Piscina trabalha com venda de pontudos  piscinas e refrigeração em geral.

Novo espaço da loja. (Foto: Richardoson Vieira/Portal Giro)

Fonte: Portal Giro

Receba as noticias do portal Giro no whatsapp, clique AQUI.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SUPERAÇÃO  |  29/10/2020 - 09h





SUPERAÇÃO  |  14/08/2020 - 15h


SUPERAÇÃO  |  02/07/2020 - 18h