MANIFESTAÇÃO

Indígenas Munduruku interditam BRs 163 e 230 em Itaituba
"Queremos trabalhar em paz, queremos usufruir riquezas da nossa terra. Somos donos", dizem manifestantes durante o protesto.




Indígenas fazem manifestação. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Lideranças indígenas Munduruku, da região do Tapajós, interditaram as rodovias BR-230 (Transamazônica) e BR-163 (Santarém-Cuiabá), desde às 8 horas da manhã desta sexta-feira (02). O protesto está ocorrendo na altura do Distrito de Campo Verde, no quilômetro 30 da Rodovia Transamazônica, em sentido Itaituba/Rurópolis.

Indígenas interditam BR 163. (Foto: Reprodução/Redes Sociais).

O objetivo do protesto é reivindicar a aprovação do Projeto de Lei de número 191/2020, que autoriza e estabelece critérios para exploração mineral em reservas indígenas, em tramitação e previsto para ir à votação no Congresso Nacional. Os manifestantes afirmam que só irão liberar a rodovia quando receberem uma resposta positiva do Governo Federal. 

Lideranças indígenas na Transamazonica. (Foto: Reprodução/Redes Sociais). 

As lideranças indígenas representam cerca de duzentas e trinta comunidades do Tapajós. Pelo menos, 150 lideranças indígenas estão mobilizados, em Itaituba, na manifestação. 

No mês de Agosto, a etnia Kayapós já havia interditado a rodovia BR-163, em Novo Progresso, com o mesmo objetivo, de defender as terras indígenas, que estariam sendo invadidas por garimpeiros e madeireiros, além disso, os Kayapós são contra o projeto ferrogrão.

Fonte: Portal Giro

​Receba as noticias do portal Giro no whatsapp, clique AQUI.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MANIFESTAÇÃO  |  20/10/2020 - 10h





MANIFESTAÇÃO  |  13/10/2020 - 11h


MANIFESTAÇÃO  |  09/10/2020 - 11h