REGIONAL

PF encontra mais de 43 mil toras de madeira irregular no Pará e realiza maior apreensão do Brasil
No total, foram 131,1 mil metros cúbicos de madeira apreendidos. Volume é suficiente para a construção de 2.620 casas populares.




Polícia Federal realiza maior apreensão de madeira do Brasil na divisa do Pará com Amazonas. (Foto: Reprodução/Polícia Federal do Pará)

A Polícia Federal apreendeu na divisa entre o Pará e o Amazonas,  131,1 mil metros cúbicos de madeira nativa ilegal. Essa foi a maior apreensão da história do país.

A operação Handroanthus GLO, também teve atuação do Ministério Público Federal. Segundo informações da PF, os dados da apreensão ainda são preliminares, e uma nova perícia será feita com apoio do Exército Brasileiro para contabilizar o número de madeira retida.

As investigações iniciaram em novembro, depois de uma apreensão de 3 mil metros cúbicos de madeira com documentação irregular no município de Parintins, no Amazonas. A madeira havia sido retirada do Pará. 

A partir daí as autoridades analisaram imagens de satélite e realizaram voos de helicóptero na região investigada. Pelo menos 40 localidades que continham madeira ilegal, foram identificados.

O título da operação faz referência ao nome científico do Ipê, planta que costuma ser vendida ilegalmente na região norte do país, e à Garantia da Lei e da Ordem (GLO), legislação que autoriza a atuação das Forças Armadas no combate à crimes ambientais.

Fonte: Metrópoles


Participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






REGIONAL  |   15/04/2021 12h58


REGIONAL  |   14/04/2021 10h47