EMPREENDEDORISMO

Após repercussão, menino do jambo atinge objetivo e compra celular para assistir aulas remotas
Vitor Gabriel, de apenas 12 anos, começou a empreender vendendo jambos e em poucos dias atingiu seu propósito principal, que foi adquirir um aparelho celular para auxiliar nas aulas online.


Foto: Reprodução

Intitulado Menino do Jambo, Vitor Gabriel de apenas 12 anos, levou menos de 6 dias para atingir seu objetivo. 
Assim como outros estudantes do país afora, Vitor está tendo que estudar de forma remota, e como os conteúdos ficam disponíveis aos alunos de forma online, é preciso realizar o acesso através de algum aparelho eletrônico seja celular, notebook ou PC. No caso de Vitor, ele prefere acompanhar as aulas pelo aparelho celular, dessa forma ele resolveu abriu uma venda de jambos e usou o dinheiro arrecadado com o negócio para comprar o aparelho.

O celular foi adquirido nesta segunda-feira (12). Parte do valor veio de uma doação feita por uma rede de lojas de celular. Mesma loja onde Vitor adquiriu o aparelho. Nas redes sociais, o menino publicou um vídeo fazendo a retirada do produto na loja e aproveitou para agradecer a todos que o ajudaram a atingir seu objetivo. 
 
 
 
 
 
Na semana passada, a equipe de reportagem do Porta Giro esteve na casa de Vitor acompanhando toda a rotina da venda do fruto. Logo, uma grande campanha nas redes sociais foi levantada e vários internautas compartilharam a história do garoto, que tem na família outros casos de empreendedorismo como o da mãe Dagriele Haiduk, que comanda um dos mais visitados bares da cidade, mas que atualmente está fechado devido a pandemia. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Menino do Jambo ITB (@meninodojambo_itb)


Na semana passada, a equipe de reportagem do Porta Giro esteve na casa de Vitor acompanhando toda a rotina da venda do fruto. Logo, uma grande campanha nas redes sociais foi levantada e vários internautas compartilharam a história do garoto, que tem na família outros casos de empreendedorismo como o da mãe Dagriele Haiduk, que comanda um dos mais visitados bares da cidade, mas que atualmente está fechado devido a pandemia. 

No perfil oficial do Menino do Jambo, no Instagram, são feitas diariamente várias postagens sobre as vendas do fruto e os feedbacks de clientes. Cada sacolinha de jambo custa 10 reais, e contém 10 unidades do fruto. Para realizar a venda, Vitor conta com ajuda de familiares e do amigo Felipe.
 
Mesmo atingido o objetivo, Vitor permanece a todo vapor com o empreendimento funcionando todos os dias. 

Fonte: Portal Giro


Galeria de Fotos:



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EMPREENDEDORISMO  |   24/04/2021 13h55





EMPREENDEDORISMO  |   27/02/2021 13h29


EMPREENDEDORISMO  |   13/02/2021 17h11