FATALIDADE

Morre aos 72 anos "Seu Mané", figura icônica da garimpagem em Itaituba
"Seu Mané" fez fortunas e foi um dos pioneiros do rádio em Itaituba, além de ser o fundador do antigo Chapéu do Povo e da Foto RI; Ele chegou a ser destaque na mídia nacional no auge do ouro no município.


Aldo Inácio, paulista nascido em 1949, morreu aos 72 anos em Novo Progresso. (Foto: Reprodução)

Morreu, aos 72 anos, de complicações causadas pela Covid-19, o empresário Aldo Inácio, conhecido como Seu Mané. Fundador de empresas tracionais no município de Itaituba como a Foto Rádio Itaituba - Foto RI, foi um dos maiores compradores de ouro do Alto Tapajós, tendo possuído uma frota de 10 aviões de várias marcas, e quase 100 veículos de todas as marcas e tamanhos das suas 16 empresas que chegou a administrar. Ele morreu em Novo Progresso (PA).
 
Natural de Valparaíso (SP), Seu Mané chegou a Itaituba (PA) em 1979 e foi ele quem lançou, na época, Márcia Ferreira, que estourou nacionalmente e internacionalmente com o sucesso “Chorando se foi”; ajudou a projetar Gretchen, que ficou quase dois meses em Itaituba e na região de garimpos fazendo shows apoiada pelo famoso ”Paxá do Ouro”.

Em 1988, Seu Mané participou de alguns programas da Globo, como o Globo Repórter e o Fantástico, também foi ao programa do Jô Soares. Além de ser entrevistado pela BBC News de Londres, que montou um curta metragem e pela Rádio Capital de São Paulo.

Milionário da garimpagem do Tapajós, Inácio fundou as primeiras emissoras de rádio em Itaituba: Rádio Itaituba e Rádio Clube, as emissoras de TV TVS (Atual Tapajoara), TV Itaituba (Record, mas na época afiliada da Rede Globo), além disso fundou o antigo Chapéu do Povo (Atual Centro de Convenções Daniel Berg), em Itaituba; e a Foto Rádio Itaituba (Foto RI), que, posteriormente, passou a admiração para os funcionários da empresa.

Seu Mané, quando era milionário, ajudou a bancar campanha de muitos políticos, entre eles Jader Barbalho, Domingos Juvenil e Wirland Freire. ”Antes, fui um grande pequeno, desmoronei, hoje sou um pequeno grande, com humildade me estabeleci”, afirmou Seu Mané, em um entrevista ao O Impacto, em 2018.

Aldo Inácio, o Seu Mané, sempre será lembrado por ter sido o homem mais rico da garimpagem do Tapajós, o homem que vivia com três esposas e deixou 33 filhos e mais de 20 netos, que deu grande audiência à Globo ao contar sua prosaica história. “Eu nasci o suficiente inteligente, para não precisar lesar ninguém" - Seu Mané, em um entrevista ao O Impacto, em 2018.

Fonte: Portal Giro



 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



FATALIDADE  |   04/05/2021 22h24


FATALIDADE  |   26/04/2021 08h54


FATALIDADE  |   17/04/2021 12h47