SAÚDE

Cruzamento de dados diz que 267 doses vencidas da AstraZeneca foram aplicadas em Itaituba
Informação foi divulgada na edição desta sexta-feira (2), no jornal Folha de São Paulo. Altamira, Santarém, Trairão e Jacareacanga também aparecem na lista, confira!


Foto: Reprodução

Um levantamento feito pela Folha de S. Paulo apontou que quase 26 mil doses da vacina AstraZeneca foram aplicadas no país fora do prazo de validade – o que invalida a imunização. Na lista há 61 cidades do Pará. Os dados constam de registros oficiais do Ministério da Saúde.
 
No estado, foram aplicadas 3.383 doses. Por ordem, o município que mais aplicou doses vencidas foi a Belém (2.673), Itaituba (267), Curionópolis (60), Piçarra (51), Santarém (40) e Bagre (37). Veja lista completa na matéria da Folha de São Paulo.

Para saber se você recebeu a dose vencida, confira se o lote da dose da AstraZeneca que aparece em sua carteira de vacinação é um dos listados abaixo:
 
  • Lote: 4120Z001 - vencida em 29 de março
  • Lote: 4120Z004 - vencida em 13 de abril
  • Lote: 4120Z005 - vencida em 14 de abril
  • Lote: CTMAV501 - vencida em 30 de abril
  • Lote: CTMAV505 - vencida em 31 de maio
  • Lote: CTMAV506 - vencida em 31 de maio
  • Lote: CTMAV520 - vencida em 31 de maio
  • Lote: 4120Z025 - vencida em 4 de junho

Segundo o levantamento, em todo o Brasil foram aplicadas 25.395 mil doses vencidas, em 1.532 municípios, de oito lotes da AstraZeneca importados ou adquiridos por consórcio. Um deles passou da validade no dia 29 de março. O que venceu há menos tempo estava válido até 4 de junho.

A campeã no uso de vacinas vencidas é Maringá (PR), reduto eleitoral de Ricardo Barros (PP), líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados. A cidade paranaense vacinou 3.536 pessoas com o produto da AstraZeneca fora da validade (primeira dose em todos os casos).

Outras 113.976 doses foram distribuídas aos estados e municípios com prazo expirado e não tinham sido aplicadas até o dia 19 de junho. O lote pode ser conferido no cartão de vacina. Se você recebeu dose vencida de um desses oito lotes de AstraZeneca após a data de validade, deve procurar uma unidade de saúde para orientações e acompanhamento.

O Giro procurou a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que em nota informa que realiza o envio dos imunizantes aos municípios em até 48h da chegada das doses ao Estado e não enviou quaisquer vacinas fora da validade ou próximo da data de vencimento.

A redação também entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, que negou ter aplicado vacina vencida e atribuiu eventuais falhas a " possiveis erros apenas nos registros".  Confira abaixo as doses vencidas aplicadas em Itaituba, por distribuição:
 
  • Unidade de Saúde da Família Edson Botelho - 192
  • Unidade de Saúde da Família Campo Verde KM 30 - 69
  • Unidade de Saúde da Família Floresta - 3
  • Unidade de Saúde da Família Miritituba - 1
  • Unidade de Saúde da Família Maria Madalena - 1
  • Unidade de Saúde da Família Bela Vista – 1

O que fazer se tomou dose vencida?

Quem recebeu doses de um dos lotes vencidos, é preciso retornar a um posto de saúde e apresentar a carteira de vacinação para registro do erro e receber orientações de como proceder.

Segundo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra Covid-19, vacinados com doses fora do prazo devem receber uma nova dose pelo menos 28 dias após a dose vencida, já que o imunizante anterior não tem comprovação de proteção.

Fonte: Portal Giro, com informações da Folha de São Paulo


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   26/07/2021 12h05

Itaituba - PA
 




SAÚDE  |   16/07/2021 15h03

Itaituba - PA
 

SAÚDE  |   14/07/2021 09h31

Itaituba - PA