SAÚDE

Hospital de Castelo de Sonhos completa um ano de atividades
Unidade hospitalar já ultrapassou os 4.800 atendimentos no pronto atendimento e já realizou 245 internações.


Foto: Reprodução

Inaugurado em 17 de Julho de 2020, o Hospital Público Geral de Castelo de Sonhos João Trevian Sobrinho tem tornado mais prática a vida dos moradores do distrito, como também dos moradores das localidades de Cachoeira da Serra e Villa Isol, que até então tinham que se deslocar por cerca de 1.100 km para chegar em Altamira, na região do Xingu, em busca de atendimentos e internações. 

Com perfil de baixa complexidade e restrito a internações de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) referenciados pela atenção básica dos municípios, o hospital também tem facilitado o acesso à saúde para a população que vive em localidades à margem das rodovias BR-230 (Transamazônica) e BR-163 (Santarém-Cuiabá). 

Com um ano de funcionamento, o Hospital já ultrapassou os 4.800 atendimentos no pronto atendimento e já realizou 245 internações. Por ocasião da inauguração e de acordo com as necessidades da gestão estadual, foi também estratégico para as ações de saúde pública no combate à Covid-19, quando realizou atendimentos em regime de 24 horas, todos os dias da semana, para casos da doença e de Síndromes Respiratórias Agudas Graves que necessitassem de internação.

Em janeiro deste ano, passou a atender no regime de porta aberta (sem necessidade de encaminhamento) para Urgência e Emergência em Clínica Médica e Pediatria, retornando ao seu perfil original. De acordo com a diretora da unidade, Louhanna da Silva, "70% dos profissionais contratados têm residência na região. Conhecem a rotina da cidade e a própria população local. O que ajuda também na humanização do atendimento". 

Em abril de 2021, o hospital passou a oferecer atendimento ambulatorial, via encaminhamento pelo Sistema Estadual de Regulação (SER), em Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral, Ortopedia, Cardiologia, Pediatria e Anestesiologia, que até o momento resultaram em 763 consultas. O suporte ao atendimento médico tem contado com laboratório de análises clínicas, Raio-X, ultrassonografia (USG) e eletrocardiograma (ECG) – totalizando 4.652 realizados, além de apoio assistencial em enfermagem, nutrição, farmácia, fisioterapia, serviço social e psicologia. No final de maio, o hospital inaugurou o centro cirúrgico, disponibilizando os serviços de cirurgias eletivas e de urgência e emergência, onde foram realizadas cirurgias ortopédicas, geral e obstétrica, totalizando 25 procedimentos até o momento.

O secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, destaca a importância da unidade por receber a demanda da região, equilibrando a rede de atendimento em saúde. "A Sespa avalia como positivo o trabalho que vem sendo feito no Hospital de Castelo de Sonhos, em Altamira, ao longo desse primeiro ano de atividades. Sabemos que este trabalho é contínuo, e não é fácil, por isso agradecemos todos os profissionais que se dedicam a essa unidade", acrescentou.

A diretora do hospital, Louhanna Silva, a Unidade está disponível para população que procura o SUS. “Continuaremos oferecendo todos os serviços que um hospital deve ter, levando em conta o funcionamento gradativo. Portanto, comparando desde o início, temos um fluxo que tem aumentado consideravelmente e uma procura grande dos nossos serviços pela população castelense”, comenta.

Fonte: Portal Giro/Mozart Lira/Ascom/Sespa


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM