MEIO AMBIENTE

Governador do PA anuncia que estado fará parte de campanha da ONU contra o aquecimento global
Acordo foi formalizado nesta quarta (4), em Brasília. Meta será reduzir emissões líquidas de gases do efeito estufa até 2050.


Foto: Reprodução

O governador Helder Barbalho (MDB) anunciou que o Pará será o primeiro estado da Amazônia a aderir a um movimento de redução de emissão de carbono. A ação faz parte da campanha "Race to Zero", da Organização das Nações Unidas (ONU), que busca combater o aquecimento global. O acordo foi formalizado na manhã desta quarta-feira (4), em Brasília.

A meta da campanha será reduzir as emissões líquidas de gases do efeito estufa até 2050. O objetivo deve ser alcançado por meio da intensificação de ações de descarbonização, como o investimento em negócios sustentáveis e a criação de "empregos verdes".

No Race to Zero, o Pará se juntará a outros estados de diferentes países que já integram a campanha, como Califórnia, Nova York, Havaí e Washington, nos Estados Unidos; Catalunha, Madrid e Navarra, na Espanha. Há ainda estados da Suécia, Austrália, Reino Unido, Canadá, Alemanha e Bélgica. No Brasil, o Pará torna-se o 2º estado a aderir à campanha. Até então, apenas Minas Gerais havia ingressado no movimento.

Para cumprir com a agenda do acordo, o governo do Pará informou que criou o Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA), que incentiva as atividades de redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).

Além disso, o governo disse que fortalece outras regulamentações, como o Programa Territórios Sustentáveis, o Programa Regulariza Pará (de regularização ambiental, fundiária e sanitária da produção rural), o Fundo Amazônia Oriental e a Força Estadual de Combate ao Desmatamento.

Fonte: G1 PA


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MEIO AMBIENTE  |   24/01/2022 18h23





MEIO AMBIENTE  |   20/01/2022 18h40


MEIO AMBIENTE  |   20/01/2022 09h56

Santarém - PA