SAÚDE

Secretário de Saúde fala sobre aumento de casos de Covid-19 em Itaituba
De setembro a outubro houve o surgimento de 90 casos confirmados e 5 mortes.


(Foto: Reprodução)

O Secretário de Saúde, Iamax Prado, destacou em entrevista sobre os novos casos de Covid-19 em Itaituba. Segundo ele, as pessoas contaminadas são pessoas que, em grande maioria, já tiveram acesso às 1ª e 2ª doses da vacina, e um pequeno número evoluiu para internação e seguiram para óbito.

O último boletim divulgado na terça-feira, 19 de outubro, apresentou o registro de 90 novos casos de contaminação e 5 mortes pelo novo Coronavírus. Sobre isso, Iamax informou que os óbitos apresentados não ocorreram em um só dia, pois foram dois homens no dia 29 de setembro, um homem no dia 30 do mesmo mês. "Os outros óbitos, que foram da atualização de 335 para 340, ocorreram já no mês 10 [outubro]: um homem no dia 5 do 10  [outubro]; outro no dia 10 do 10  [outubro], que foi uma mulher; e o último um homem no dia 15 do 10  [outubro]", ressaltou.
 

"Levando em consideração que eram pessoas de bastante idade, já eram idosos, já tinham tomado a 1ª e 2ª doses, mas tinham problemas crônicos graves, problemas cardíacos, diabéticos, e etc.", continuou.


Boletim divulgado pela SEMSA em 19 de outubro de 2021. (Foto: Reprodução)

Além disso, conforme o secretário, é importante observar que os laborátorios produtores das vacinas preconizavam não 100% de eficácia, mas que a grande probabilidade das pessoas não seriam contaminadas. 
 

"As pessoas que foram contaminadas estão com sintomas leves e moderados. Lembrando que a Unidade de Pronto Atendimento continua como referência para Covid em Itaituba, mesmo com outros serviços ofertados à população. Nós temos setores independentes que funcionam dentro da UPA para não haver atendimento cruzado de pessoas que não tem com pessoas que positivaram Covid e não haver contaminação", destacou o secretário.


Iamax afirmou ainda que na UPA os casos notificados passam pelo tratamento médico e compre-se o protocolo de medicações que já era cumprido no passado, além de a pessoa pode fazer o agendamento para o teste rápido se precisar demonstrar algum tipo de afastamanto da empresa.

Prado recomenda à população itaitubense que, mesmo diante do acesso de primeira, segunda dose, até mesmo os idosos acima de 60 que já fizeram o reforço, considerado como 3ª dos, continuem tendo os mesmos cuidados intermediários que antes: a higienização das mãos, o uso contínuo de máscaras.
 

"Porque a gente só vai acabar com a pandemia quando toda a população de Itaituba e dos demais municípios do país tiveram imunizados, quando o vírus não tiver mais circulando entre nós", finalizou.


Fonte: Portal Giro


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   02/12/2021 12h09

Itaituba - PA
 




SAÚDE  |   02/12/2021 09h25

Itaituba - PA
 

SAÚDE  |   01/12/2021 18h29

Itaituba - PA