JUSTIÇA

Itaituba conta com novo oficial cartorário do 1º ofício de registro de imóveis
Novo cartorário disse que pretende realizar um grande trabalho de bom atendimento ao público, com ações inovadoras.




Kennedy Teixeira de Carvalho, advogado.

Nesta quarta-feira (5) tomou posse como novo registrador do Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis de Itaituba, localizado na avenida Getúlio Vargas. O advogado Kennedy Teixeira de Carvalho atuava anteriormente como cartorário no município de Breu Branco no Pará.

Raimundo Tito da Silva trabalhava no cartório desde o ano de 1969, quando passou a trabalhar como auxiliar no Cartório do Único Ofício, hoje 1º Ofício da Comarca de Itaituba, época em que era titular o Sr. Walter Maciel de Mattos, já no ano de 2000 foi empossado como titular.

O novo cartorário conquistou a vaga através de concurso público para a função, sendo devidamente investido no cargo pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará, com a aquiescência do juiz de Direito de Itaituba, Dr Francisco Gilson Duarte Kumamoto.

Conforme prevê as regras estabelecidas pela legislação, o processo de transição de um cartorário para outro duram três dias, porém, o novo titular já assumiu seu posto de forma tranquila e pacífica, sendo recebido por Raimundo e sua equipe, iniciando o procedimento de transição. Para que o processo de transição seja perfeito, o atendimento ao público foi suspensa e só retornará nesta sexta-feira (07).

Sobre Kennedy Teixeira

Formado em direito pela Unir - Universidade Federal de Rondônia foi analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso antes de passar no concurso para tabelião, quando teve seu início de carreira em de Breu Branco no estado do Pará.

Em entrevista, o novo cartorário disse estar entusiasmado com a nova investidura no município de Itaituba, onde pretende realizar um grande trabalho de bom atendimento ao público, com ações inovadoras. Inclusive já prospecta mudar de endereço para melhorar as instalações, buscando um melhor atendimento ao cidadão itaitubense.

O registrador é um profissional de Direito, dotado de fé-pública, a quem é delegado o exercício da atividade de registros. Este profissional goza de independência no exercício de suas atribuições e só poderia perder suas atribuições nas hipóteses previstas em Lei. Como titular de uma função pública, delegada pelo Estado, o notário têm suas atividades fiscalizadas pelo poder judiciário, neste caso o Tribunal de Justiça do Pará.
 
Termo de exercício

Fonte: Portal Giro com informações do Assessorado





01 COMENTÁRIO


Jorge Luiz Machado comentou em 07/02/2020 às 07h 50min

Seja bem vindo, e tomara que consiga mudar o conceito desta instituição pública tão afetada pelo descrédito. Caso realmente consiga, a população tão sofrida e humilhada nestes anos agradecem.


COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM