ENERGIA

Câmara realiza audiência pública para debater sobre a qualidade da energia elétrica
Audiência ocorreu nesta quarta (01), e contou com a presença de presidentes de bairros, representantes de comunidades e representantes da Equatorial.


Foto: Jordan Norato/Portal Giro

Uma audiência pública foi realizada na manhã desta quarta-feira (01) na Câmara Municipal de Itaituba (PA), para discutir questões relacionadas a qualidade da energia elétrica em Itaituba e região. Estiveram presentes no local representantes da Equatorial Energia, dos bairros, das comunidades, e do Procon. 

A reunião, que foi requerida pela vereadora Maria Pretinha (MDB), busca a melhoria no serviço disponibilizado pela empresa de energia que atua na cidade e nas áreas rurais. Entre as reclamações feitas pela população estão: falta de energia, preço alto, falta de assistência nas comunidades, e as oscilações de energia, que resulta em bombas e eletrodomésticos queimados. 

Segundo Patrícia Pinheiro, presidente do bairro Wirland Freire, "a grande dificuldade do bairro são as oscilações, a energia falta as 17h e volta as 05h do outro dia". Ela relata inda o transtorno vivido pela população, em relação a eletrodomésticos queimados e bombas danificadas, que geram prejuízos aos moradores do local. 

Em relação as comunidades rurais, Ivan Campos, presidente da comunidade São Luiz do Tapajós, relata que na comunidade que a falta de energia na região é constante, e que demora muito para que seja realizada as resoluções de problemas, o que prejudica a população que precisa armazenar alimentos. Dona Edna Nascimento da comunidade Cocalina, localizada no KM 50 da Rodovia Transamazônica, sentido Jacareacanga, "conta que os moradores da comunidade já ficaram 19 dias sem energia, por causa de um transformador queimado". 

Foto: Jordan Norato/Portal Giro

O advogado Dr. Luiz Henrique, representante do Procon afirma que, "em outra audiência foram discutidas as mesmas questões e a Equatorial através de seus representantes assumiu o compromisso de melhorar a qualidade do serviço prestado. No entanto, haja vista a quantidade de reclamações, a empresa não teria cumprido com o acordado". Ele orienta que o cidadão que se sentir lesado procure seus direitos na empresa Equatorial, faça o registro, guarde o número do protocolo, e caso não seja resolvido, procure o Órgão de Defesa do Consumidor. 

Gilvan, gerente de relacionamento da Equatorial, afirma que a empresa está realizando demandas para resolver as questões apresentadas pela população, pois sabem que é uma responsabilidade da empresa resolver essas questões. Ele relata que pessoas foram contratadas para tratar as pendencias o mais rápido possível, uma vez que a situação vem se estendendo a bastante tempo. 

Fonte: Portal Giro 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ENERGIA  |   03/05/2022 11h23

Itaituba - PA
 




ENERGIA  |   26/04/2022 15h16

Itaituba - PA
 

ENERGIA  |   08/02/2022 10h09

Itaituba - PA