DENÚNCIA

Empresários denunciam falta de pagamento por parte da empresa contratada pelo Governo Estadual para o vale alimentação escolar
Em Itaituba, empresários denunciam dificuldades para receber o valor dos produtos comercializados. Tem empreendedor com prejuízos que ultrapassam 240 mil reais.


Foto: Reprodução

O último mês do ano chegou, e junto com ele o período mais esperado para os comerciantes, que têm a oportunidade de melhores vendas. Acontece que em Itaituba, sudoeste do Pará, empresários que resolveram aderir ao Cartão Vale Alimentação Escolar, denunciam dificuldades para receberem o valor dos produtos comercializados. Tem empreendedor amargando prejuízos que ultrapassam 240 mil reais.

Segundo eles, a empresa Meu Vale Gestão Administrativa Ltda., contratada pelo Governo do Pará para administrar o vale alimentação escolar, fornecido para alunos da Rede Estadual de Ensino, mesmo recebendo valor milionário dos cofres públicos, não está realizando o pagamento aos supermercados e comerciantes credenciados no estado, causando grandes prejuízos financeiros.

"Com muita dificuldade entramos em contato com a empresa, e ficamos muitas horas ao telefone na espera. Às vezes conseguimos contato via whatsapp. Deixamos recados frequentes com os atendentes, mas os mesmos dizem que irão registrar a reclamação e repassar a cobrança com urgência para o setor financeiro e informam que o pagamento será efetuado. Porém, esse pagamento nunca cai em nossa conta, ou seja, o pagamento não é efetuado", denúncia um dos empresários prejudicados.

De acordo com o denunciante, são várias as empresas do município de Itaituba que estão sendo lesadas com a falta de pagamento. "Existem outros empresários na mesma situação que a minha, que venderam e não receberam. E agora não temos como fazer compras para as festas de fim de ano, uma vez que contávamos com esse capital", desabafa.

"Já estamos esgotados de tanto tentar contato com a empresa, e não obter respostas. Em alguns casos, nem mesmo os funcionários sabem o porquê da falta do repasse do dinheiro. Só nos resta tomar medidas judiciais contra a empresa Meu Vale, haja vista que, se trata de dinheiro público e ainda de caráter alimentar".
 

Indignado, o empreendedor declara: "Quem sofre com tudo isso é o povo do estado, empresários que não pagam seus fornecedores e funcionários, funcionários esses que perdem seu poder de compra e o Estado que deixa de recolher aos cofres públicos através dos impostos. Todos os estabelecimentos credenciados ao programa estão com dificuldades de receber o pagamento".


Os empresários apelam ao Governo do Pará, Ministério Público e ao próprio governador Helder Barbalho, para que possam tomar alguma atitude com relação ao ocorrido.

O vale-alimentação escolar é uma iniciativa do governo do Estado, implantada em abril de 2020 para assegurar a alimentação dos alunos da rede pública estadual no período de suspensão das aulas presenciais. As 11 recargas totalizam um investimento de R$ 497 milhões, oriundos do Tesouro Estadual.

Fonte: O Impacto


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DENÚNCIA  |   08/06/2022 11h54

Itaituba - PA
 




DENÚNCIA  |   11/05/2022 16h35

Itaituba - PA
 

DENÚNCIA  |   04/04/2022 18h34

Itaituba - PA