POLICIAL

Paraense é encontrada morta dentro de apartamento na França
Família acredita que a ex-companheira da vítima tenha colocado substâncias ilícitas na bebida dela, provocando uma overdose.


Beatriz Souza teria ido a trabalho para a França. (Foto: Reprodução)

Uma mulher transexual paraense foi encontrada morta dentro de um apartamento, na madrugada desta segunda-feira (7), em Paris, na França. De acordo com informações repassadas pela família da vítima, identificada como Beatriz Souza, de 38 anos, a suspeita é de que a ex-companheira tenha colocado substâncias ilícitas na bebida dela, provocando uma overdose.

A principal suspeita ainda teria gravado vídeos de Beatriz agonizando dentro do apartamento. "Tem várias versões. Mas o que a gente mais acredita é que colocaram substâncias proibidas dentro da bebida dela. E a Pietra (ex-companheira) filmou tudo, viu ela agonizando e ficou debochando. Não ajudou em nada. Nós só queremos que ela seja lembrada e que a justiça seja feita", disse à reportagem um primo de Beatriz, que preferiu não ser identificado.

Beatriz cresceu no bairro da Cremação, em Belém. O primo dela não soube informar se a família pretende trazer o corpo para o Brasil. "A gente se falava bem pouco. Mas ela falou para a mãe dela que, se uma dia acontecesse alguma coisa, ela não queria que trouxessem o corpo dela para cá", afirmou.

Ainda segundo o rapaz, a ex-companheira de Beatriz já está presa. A família tenta contato com a polícia francesa, na busca por informações sobre como deve proceder com o caso.

Fonte: O Liberal


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAL  |   14/08/2022 21h49

Novo Progresso - PA
 




POLICIAL  |   14/08/2022 12h42

Itaituba - PA
 

POLICIAL  |   14/08/2022 10h13

Almeirim - PA