POLICIAL

Suspeito de ter estuprado filha de namorada é solto em audiência de custódia em Santarém
De acordo com a defesa, o flagrante foi relaxado por falhas identificadas. O caso segue sendo investigado pela polícia e suspeito vai responder ao processo em liberdade.


(Foto: Reprodução)

O homem que foi denunciado e preso suspeito de estuprar a filha da namorada foi liberado durante audiência de custódia realizada na manhã desta sexta-feira (4) no Fórum de Santarém, no oeste do Pará. A informação foi confirmada pelo advogado Igor Dolzanis, que compõe a defesa do suspeito.

De acordo com a defesa do suspeito, ele foi liberado pela ausência de flagrante. O homem vai responder ao processo em liberdade e a polícia seguirá investigando o caso.
 

"Foi observado que o flagrante foi feito de maneira totalmente errônea visto que não descreveu com exatidão dia hora e local do crime, assim como foi pedido na audiência de custódia o relaxamento devido a má formação dessa peça pela autoridade policial. Foi acatado pelo ministério público e decidido pelo juiz foi um pedido da defesa técnica", contou Igor Dolzanis.


Ainda de acordo com o advogado do suspeito, a defesa vai trabalhar agora diante do inquérito para provar a inocência do homem.
 

"A defesa vai trabalhar agora diante de inquérito para provar a inocência durante o curso da instrução do inquérito a justiça ainda não disse dias ele é inocente ocupado porém vamos trabalhar de acordo com a linha de defesa a inocência dele", completou o advogado.


O caso

O homem foi preso na quinta (3) no bairro Santíssimo. Ele teria tocado nas partes íntimas da enteada de 6 anos, além de mostrar vídeos pornográficos a menina.

Os supostos abusos foram relatados pela vítima à irmã, uma adolescente de 16 anos que, posteriormente, contou à mãe.

A polícia foi acionada e o homem foi levado para a 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Na delegacia, o suspeito falou que que foi vítima de uma cilada.
 

"Aconteceu uma situação no nosso relacionamento há alguns dias e a filha mais velha teve um atrito com a mãe. Eu já imagina que alguma coisa podia acontecer porque ela não aceitava o novo namoro da mãe após o fim de um casamento de 20 anos. Eu fui chamado lá na casa e depois que cheguei lá a polícia apareceu e me prendeu. Armaram uma 'casinha' pra mim", disse.


Fonte: G1


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAL  |   11/08/2022 18h21

Santarém - PA
 




POLICIAL  |   10/08/2022 11h11

Santarém - PA
 

POLICIAL  |   10/08/2022 09h28

Santarém - PA