INUSITADO

Ao tentar tirar segunda via de documentos, homem descobre que tem Certidão de Óbito emitida em Itaituba
Ary Oswaldo, que mora em Jacareacanga, teve seus documentos cancelados e espera uma decisão da Promotoria pública pra resolver a situação.

Confira o vídeo:




Um morador da cidade de Jacareacanga, identificado como Ary Oswaldo de Oliveira Pereira, de 58 anos, natural de Porto Velho (RO), vem vivendo uma situação bastante inusitada desde janeiro de 2022, quando descobriu que possuía uma Certidão de Óbito emitida em Itaituba, sudoeste do Pará. A descoberta se deu quando o homem tentou tirar a segunda via de documentos.
 
Segundo informações, ao se dirigir ao Cartório Eleitoral da 102 Zona Eleitoral, Ary Oswaldo foi informado pelo servidor que não poderia emitir o seu título eleitoral em virtude de o mesmo ter uma Certidão de Óbito registrado em seu nome no Cartório do 2° Oficio de Itaituba.

 

"Eu fui tirar segunda via do documento, porque eu tinha perdido o documento, foi quando o rapaz do cartório eleitoral disse que não podia imprimir a fotocópia porque eu tava com atestado de óbito, foi a hora que eu descobri. [...] Aí eu fui no ministério público pra denunciar, como é que eu tô morto se eu tô vivo", relata Ari Oswaldo de Oliveira.

 
Na certidão consta que o homem teria morrido em outubro de 2021 no Hospital Regional do Tapajós (HRT), devido uma insuficiência respiratória, insuficiência renal aguda e um acidente vascular isquêmico. No documento ainda consta que Ary Oswaldo teria sido sepultado no Cemitério São Francisco no km 06, em Itaituba. Mas o mesmo diz que não conhecia a cidade de Itaituba e nunca esteve internado no HRT.

Foto: Rubson Vieira/Portal Giro

De acordo com Oswaldo, depois que descobriu, o mesmo se dirigiu a Delegacia de Polícia de Jacareacanga para registrar um Boletim de Ocorrência (BO) sobre o caso, onde foi informado que os seus documentos estavam cancelados. Então o mesmo procurou a Promotoria pública para resolver a situação.

 

"Fui registrar um boletim de ocorrência onde falaram que os documentos estavam cancelados. [...] Fui na promotoria pública e protocolaram o processo, agora tô esperando o juiz me chamar pra ver o que vai dar".

 
Na cidade desde a última sexta-feira (01), o homem relata que a situação tem gerado transtornos para sua vida, uma vez que não tem onde ficar na cidade, e não está conseguindo trabalho, por estar sem documentos. Ele relata que o problema afetou toda a sua vida, inclusive a sua saúde.
 
"Não tenho trabalho, não posso trabalhar porque meus documentos tão bloqueados, tudo. Até minha saúde mudou, eu não tinha problema de pressão, agora já tenho, porque o sistema nervoso já abalou porque a ansiedade por querer resolver isso aqui, e eu não tô conseguindo resolver, e tem que esperar agora uma ordem judicial, atrapalhou minha vida todinha", Ary Oswaldo de Oliveira Pereira.
 
Fonte: Portal Giro



Ary Oswaldo de Oliveira Pereira, de 58 anos. (Foto: Rubson Vieira/Portal Giro)

Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



INUSITADO  |   15/07/2022 12h00

Itaituba - PA
 




INUSITADO  |   10/06/2022 19h42

Itaituba - PA
 

INUSITADO  |   13/05/2022 09h42

Itaituba - PA