INUSITADO

Moradores do Vila Nova registram grande quantidade de peixes mortos no Rio Tapajós, em Itaituba
O fenômeno ocorreu depois de forte chuva que caiu na cidade na tarde e noite desta segunda-feira (18).


Fotos: Reprodução

Na noite da última segunda-feira (18), uma grande quantidade de peixes mortos, boiando ou se debatendo no rio Tapajós, foi registrado por moradores da Vila Nova, no bairro São José, em Itaituba, sudoeste do Pará. O fenômeno ocorreu após a forte chuva que caiu na cidade na tarde e noite de segunda.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver alguns peixes boiando já mortos e outros ainda se debatendo. Gravações também mostram moradores retirando os peixes, com auxílio de baldes e canoas.

Fotos: Reprodução

Segundo populares, durante a chuva, um raio muito forte caiu no local e esse pode ser o motivo da morte dos peixes, moradores também especulam que a situação pode ser em decorrência de produtos químicos que por algum motivo acabou indo parar nas águas do rio, e assim prejudicando a vida marinha do local.
 

"O vizinho trabalha com peixes daqui ele é mergulhador e ele disse que não foi do raio por causa da profundidade. Os peixes estavam tipo sufocados, ficam pulando pra fora da água, afundavam e subiam novamente. [...] Acredito que tenha sido algum produto mesmo e era só aqui na parte do cás", conta um morador da Vila nova.


Muitos moradores estão guardando os peixes, que são de várias espécies, para serem utilizados na alimentação, afirmando que o fenômeno é coisa de Deus e que tem que aproveitar. Outras pessoas, que estão desconfiadas ou achando estranho toda a situação, contam que estão com medo de comer esses peixes, pois não sabem o real motivo da morte dos animais.
 
Fonte: Portal Giro


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



INUSITADO  |   23/05/2022 15h35

Belém - PA